Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Televisão







Últimos assuntos
» As maiores rivalidades do futebol mundial
Dom Maio 08, 2011 1:41 am por Admin

» Mario Balotelli... e as multas
Seg Maio 02, 2011 7:39 pm por Admin

» As maiores rivalidades do futebol mundial
Seg Maio 02, 2011 7:36 pm por Admin

» Fundamentos de Bom Desempenho
Sex Abr 15, 2011 2:44 am por Admin

» Grandes golos
Qua Abr 13, 2011 8:04 pm por AG10

» Televisão pela Internet
Qua Abr 13, 2011 2:30 am por Admin

» Curiosidades: comemorar um golo
Sab Abr 09, 2011 1:56 am por Admin

» Mas que golos magníficos
Sab Abr 09, 2011 1:48 am por Admin

» Amor à camisola
Sab Abr 09, 2011 1:42 am por Admin


Amor à camisola

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Amor à camisola

Mensagem  Admin em Sab Abr 09, 2011 1:42 am

Estamos numa era que, por muito amor que um atleta tenha ao seu clube do coração, existem sempre fatores que os fazem escolher outros caminhos. Mas há sempre exceções. Joseba Etxeberria é um grande exemplo na dimensão futebolística.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Apesar de já se terem passado dois anos, os dados estão corretos.

Aos 17 anos, Etxeberria muda-se do Real Sociedad para o Atletico de Bilbao. Cerca de 14 temporadas depois, 474 jogos e 101 golos, via o contrato acabar em Junho de 2009, mas decidiu renovar o contrato por um ano, com a particularidade que não receberá nenhum dinheiro por parte do clube. Também se retiraria no fim do contrato, cumprindo 15 anos pelo emblema do seu coração.

Numa citação duma afirmação do jogador: "Com tantos anos no Atlético como eu tenho tu dás conta de que não é apenas um clube de futebol, percebes que existem muitas pessoas por detrás do clube e da sua filosofia. Foram anos muito felizes para mim e para a minha família e eu quero devolver, desta forma, tudo o que recebi"

No entanto, os estatutos da Liga de futebol profissional não permitem que um jogador jogue gratuitamente. Assim, foi assinado um contrato com ordenado mínimo de 105.000 euros por época. Este valor foi depois doado ao clube de San Mamés.

Este é um grande exemplo de amor à camisola. Recebia 2 milhões por época, passou a não receber algum. Outros, mesmo com a conta bancária recheada para toda a vida, procurariam outros clubes para continuar a receber ordenados chorudos. Etxeberria manteve-se assim no seu clube do coração a receber zero.

Um excelente exemplo nos dias que correm.

Abraço

Admin
Admin

Mensagens : 13
Data de inscrição : 02/04/2011

Ver perfil do usuário http://onossofutebol.fansoccer.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum